Homem é detido em Melbourne suspeito de organizar atentado no Ano Novo

Melbourne, 28 Nov 2017 (AFP) - Um simpatizante do grupo Estado Islâmico (EI) planejava comprar uma arma e matar o maior número possível de pessoas em um atentado terrorista na festa de Ano Novo na concorrida Federation Square, em Melbourne, informou a Polícia australiana, após frustrar o plano.

O suspeito, de 20 anos, nascido na Austrália, filho de pais somalis, foi detido na segunda-feira (27) após uma batida em uma casa no subúrbio de Werribee, em Melbourne, e foi ouvido em interrogatório. Acusações contra ele devem ser apresentadas na terça-feira.

A polícia alega que o jovem acessou um manual on-line produzido pela rede Al-Qaeda sobre como cometer atos terroristas e usar armas de fogo, mas foi detido antes que pudesse comprar um fuzil automático.

"O que estamos supondo é que ele tinha a intenção de usar uma arma de fogo para disparar e matar tantas pessoas quanto pudesse na região da Federation Square na noite de Ano Novo", disse o vice-comissário da Polícia de Victoria, Shane Patton.

"É uma enorme preocupação para nós que (durante) a temporada de festas haja um complô em potencial para cometer um ato terrorista. Esta é uma enorme questão para nós, mas é por isso que mobilizamos recursos", acrescentou.

Ele afirmou que com a detenção a ameaça "foi eliminada".

A Federation Square fica no coração da cidade, em frente à concorrida estação ferroviária Flinders Street e à catedral de Saint Paul. Trata-se de um dos locais mais populares para receber o ano novo e costuma ficar lotada na noite de 31 de dezembro.

As autoridades australianas têm demonstrado preocupação crescente com a ameaça de ataques extremistas, e elevaram o nível de alerta nacional terrorista em setembro de 2014.

Segundo fontes oficiais, 13 atentados foram evitados nos últimos anos, inclusive um complô inspirado no plano do grupo extremista Estado Islâmico (EI) para o Dia de Natal do ano passado, também em Melbourne.

Naquele ataque frustrado, a Polícia informou que vários homens planejaram usar explosivos, facas e armas de fogo em locais lotados, inclusive na estação ferroviária de Flinders Street, na Federation Square e na Catedral de Saint Paul.

Outro ataque frustrado recentemente evolveu uma tentativa direta do EI de derrubar um avião usando um gás venenoso ou uma bomba disfarçada em um moedor de carne.

No entanto, outros atentados tiveram sucesso na Austrália, incluindo um ataque a um café de Sydney, em 2014, que terminou com a morte de dois reféns.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos