Premiê britânica: Trump se equivocou, mas relações Washington-Londres continuam

Londres, 30 Nov 2017 (AFP) - A primeira-ministra britânica Theresa May insistiu nesta quinta-feira que o presidente americano Donald Trump cometeu um erro por retuitar vídeos de um grupo de extrema-direita britânico, mas enfatizou que as relações entre os dois países continuarão como antes.

"Retuitar o Britain First foi um erro, mas a relação com os Estados Unidos devem continuar", afirmou May em coletiva de imprensa na Jordânia, se comentar especificamente o ataque pessoal que Trump dirigiu contra ela.

Na véspera, Downing Street também chamou de "erro" a atitude de Trump, que divulgou nas redes sociais alguns vídeos da organização britânica de extrema-direita Britain First que atribuem atitudes violentas aos muçulmanos.

Trump não gostou da repreensão e afirmou que May deve se concentrar nos assuntos de seu país: "Theresa @theresamay, não foque em mim, foque no destrutivo terrorismo islâmico radical no Reino Unido. Nós vamos bem", escreveu no Twitter.

Não foi o primeiro ataque de Trump ao Reino Unido. O presidente já discutiu diversas vezes com o prefeito da capital britânica, o muçulmano Sadiq Khan.

A polêmica jogou o foco sobre o grupo de extrema-direita Britain First. A número dois da organização, Jayda Fransen, publicou os polêmicos videos retuitados por Trump.

O Britain First é legal, mas o governo britânico apertou o cerco às organizações similares desde o assassinato, em junho de 2016, da deputada Jo Cox por um militante de extrema-direita.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos