Cérebro de atentado do aeroporto de Istambul foi morto na Geórgia

Tbilisi, 1 dez 2017 (AFP) - O checheno Ahmed Chatayev, suspeito de organizar o atentado no aeroporto de Istambul em junho de 2016, morreu em uma operação antiterrorista em 22 de novembro em Tbilisi, anunciaram nesta sexta-feira os serviços de segurança da Geórgia.

"Sua identidade foi estabelecida após investigação, por meio de análise de DNA e impressões digitais, com ajuda de nossos colegas dos Estados Unidos", indicou um porta-voz dos serviços de segurança georgianos, Nino Guiorgobiani.

A imprensa turca identificou o checheno Ahmed Chatayev como o cérebro do triplo atentado realizado em 28 de junho de 2016 no aeroporto de Istambul, que causou 46 mortos.

Chatayev era o líder da célula do grupo Estado Islâmico (EI) em Istambul, segundo o jornal Hürriyet.

im-all/gmo/lpt/me/es/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos