Deputado australiano pede a mão do noivo em casamento no parlamento

Sydney, 4 dez 2017 (AFP) - Um deputado australiano do Partido Conservador no poder pediu nesta segunda-feira a mão de seu namorado no Parlamanto, pouco depois da apresentação de um projeto de lei para legalizar o matrimônio homossexual.

Tim Wilson, que, segundo a imprensa, mantém uma relação com Ryan Bolger há nove anos, estava à beira das lágrimas quando agradeceu a seu namorado por ter aguentado os longos debates sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

"Em meu primeiro discurso, defini nossa relação com a aliança que usamos em nossa mão esquerda", contou o político de 37 anos.

"Então faltava apenas uma coisa a fazer: Ryan Patrick Bolger, quer casar comigo?"

O noivo, que estava na tribuna do público, disse sim entre aplausos dos presentes.

"Foi um 'sim' rotundo", declarou o presidente da câmara, Rob Mitchell.

O projeto de lei deve ser aprovado sem problemas antes do Natal, depois de sua adoção na semana passada pelo Senado por uma folgada maioria.

Depois de mais de dez anos de debate, os australianos se mostraram a favor do casamento gay em uma consulta popular.

"É um momento inclusivo de reconhecimento e respeito", comentou o primeiro-ministro Malcolm Turnbull, quando os representantes começaram a debater o texto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos