Choque entre ELN e dissidências das Farc deixam 13 mortos na Colômbia

Bogotá, 5 dez 2017 (AFP) - Treze pessoas morreram em um confronto entre membros do Exército de Libertação Nacional (ELN), que negocia a paz com o governo colombiano, e dissidentes das Farc na semana passada, em uma remota localidade do sudoeste da Colômbia, informou nesta terça-feira a Defensoria do Povo.

Inicialmente, o Exército havia informado sobre a morte de quatro pessoas neste combate, mas a Defensoria do Povo, que zela pelos direitos humanos na Colômbia, viajou à zona e confirmou uma troca de tiros entre os dois grupos.

"No tiroteio, 13 cidadãos morreram", afirmou o defensor Carlos Negret à imprensa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos