Projeto de Trump de reconhecer Jerusalém como capital de Israel preocupa China

Pequim, 6 dez 2017 (AFP) - A China manifestou sua "preocupação" com o projeto do presidente americano, Donald Trump, de reconhecer Jerusalém como capital de Israel, o que pode provocar uma escalada na região - disse um porta-voz do Ministério chinês das Relações Exteriores.

"Estamos preocupados com uma possível escalada das tensões", declarou o porta-voz do Ministério chinês das Relações Exteriores, Geng Shuang.

"Todas as partes envolvidas devem levar em conta a paz e a estabilidade regional, serem prudentes em suas ações, evitar minar as bases de uma resolução da questão palestina e se abster de engendrar uma nova confrontação na região", disse o porta-voz chinês.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos