PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trump e May defendem acordo bilateral 'rápido' após Brexit

19/12/2017 23h11

Londres, 20 dez 2017 (AFP) - A primeira-ministra britânica, Theresa May, e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, destacaram nesta terça-feira a importância de se elaborar um acordo comercial bilateral "rápido", após a saída da Grã-Bretanha da União Europeia.

"Theresa May comunicou ao presidente americano os últimos progressos realizados nas negociações do Brexit", disse nesta terça-feira um porta-voz de Downing Street, sede do governo britânico.

"Concordaram sobre a importância de se obter um acordo comercial bilateral rápido" após a saída de Londres da União Europeia.

Mas em um comunicado emitido pouco tempo depois, a Casa Branca não mencionou nada sobre este tema, limitando-se a destacar que Trump "felicitou" May pela decisão dos dirigentes europeus de passar à segunda fase das negociações sobre o Brexit.

Durante sua conversa por telefone, os dois líderes também abordaram o tema do reconhecimento dos Estados Unidos de Jerusalém como capital de Israel.

May teria manifestado seu desacordo com a decisão de Trump e afirmado que em "nada ajuda" a resolver o conflito no Oriente Médio.

Os dois dirigentes "evocaram suas distintas posições" a este respeito e "concordaram sobre a importância de que os Estados Unidos apresentem novas propostas de paz que sejam apoiadas pela comunidade internacional", assinalou Londres.

Sobre a anunciada visita de Donald Trump à Grã-Bretanha, a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, voltou a se mostrar evasiva: "o convite foi aceito, estamos trabalhando com eles para concluir os detalhes que esperamos poder anunciar em breve".

Internacional