PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Chanceler palestino acusa EUA de ameaças na ONU sobre Jerusalém

20/12/2017 13h48

Istambul, 20 dez 2017 (AFP) - O ministro das Relações Exteriores pelestino, Riyad al-Malki, acusoou os Estados Unidos nesta terça-feira de ameaçar os países membros da Assembleia Geral da ONU, onde está sendo discutida a resolução que rejeita o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel.

"Os Estados Unidos estão cometendo outro erro ao distribuir esta famosa carta na qual tentam ameaçar os países e suas decisões soberanas sobre como votar", declarou Al-Malki em coletiva conjunta com seu colega turco em Istambul.

A embaixadora americana ante a ONU, Nikki Haley, alertou na véspera que informará ao presidente Donald Trump sobre os países que apoiarem um rascunho de resolução condenando a iniciativa do magnata sobre Jerusalém.

Internacional