Incêndio em shopping nas Filipinas pode ter deixado 37 mortos

Davao, Filipinas, 24 dez 2017 (AFP) - Pelo menos 37 pessoas podem ter morrido no incêndio deflagrado em um shopping na cidade de Davao, no sul das Filipinas - anunciou o vice-prefeito Paolo Duterte no Facebook, neste domingo (horário local).

Segundo Paolo, que é filho do presidente Rodrigo Duterte, o comando da Agência de Proteção contra Incêndios que está no terreno informou que a chance de sobreviventes é "zero".

O fogo foi deflagrado no shopping NCCC, de quatro andares, na manhã deste sábado, e várias pessoas ficaram presas do lado de dentro, relatou o agente Ralph Canoy, acrescentando que o incêndio continuava ativo.

"O incêndio começou no terceiro andar, no qual há produtos como telas, móveis de madeira e produtos plásticos, motivo pelo qual o fogo se espalhou rapidamente e está sendo muito difícil apagá-lo", completou.

Segundo ele, os investigadores acreditam que as pessoas que estariam mortas estivessem trabalhando no call center, que opera 24 horas por dia.

"É possível que, enquanto estavam trabalhando, não tenham se dado conta de que o fogo estava se espalhando", disse Canoy.

O presidente Rodrigo Duterte, que foi prefeito de Davao durante duas décadas e que continua vivendo na cidade, visitou o shopping no sábado à noite para dar seu apoio aos familiares das vítimas, disse à AFP um colaborador.

Davao é a maior cidade do sul das Filipinas e fica a cerca de mil quilômetros de Manila.

ajm-kma/kaf/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos