Procuradoria interroga presidente do Peru por caso Odebrecht

Lima, 28 dez 2017 (AFP) - O presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, começou a ser interrogado nesta quinta-feira por procuradores anticorrupção em uma investigação pela assessoria dada à empreiteira brasileira Odebrecht quando ele era ministro, informou o governo.

Quase na mesma hora, chegou à sede da Procuradoria para prestar depoimento a líder opositora Keiko Fujimori, em uma investigação sobre o financiamento de suas campanha eleitorais.

A Procuradoria visa a determinar se o presidente ou alguma de suas consultorias se beneficiou ou influenciou na concessão de obras públicas concedidas à Odebrecht.

É a segunda vez que o presidente responde à Procuradoria pelo mesmo caso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos