Chega a 13 número de palestinos mortos em confrontos após anúncio de Trump

Gaza, Territórios palestinos, 30 dez 2017 (AFP) - Um palestino de 20 anos faleceu na Faixa de Gaza, neste sábado (30), em consequência dos ferimentos sofridos ontem em confrontos com as forças israelenses - informou uma fonte palestina.

Segundo o porta-voz dos serviços de resgate do território palestino, Ashraf al-Qudra, o jovem teve ferimentos graves por disparos israelenses na fronteira com Israel, delimitada por uma barreira de segurança.

Sua morte eleva para 13 o número de palestinos mortos desde o anúncio do presidente americano, Donald Trump, de reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel. Até então, o registro era de 11 mortos em confrontos, e dois, em um ataque aéreo israelense sobre Gaza.

A decisão de Trump enfureceu os palestinos e deflagrou uma onda de condenações no mundo, especialmente na ONU.

Os embates de ontem entre palestinos e forças israelenses deixaram cerca de 50 feridos em Gaza, segundo as autoridades do Hamas, no poder nesse território. Outros 15 ficaram feridos na Cisjordânia ocupada, segundo o Ministério palestino da Saúde.

Também na sexta, dois foguetes disparados da Faixa de Gaza foram interceptados pelo sistema de defesa aérea israelense, e um terceiro caiu no lado israelense da fronteira sem causar vítimas.

Em resposta, Israel bombardeou duas posições do Hamas, também sem deixar vítimas, por considerar que o movimento islamista é responsável pelos disparos de foguete do encrave palestino.

az-jjm/bpe/tp/erl/pc/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos