Manifestação em Hong Kong contra o controle chinês

Hong Kong, 1 Jan 2018 (AFP) - Manifestantes em Hong Kong foram às ruas nesta segunda-feira no centro da cidade semi-autônoma protestar contra a decisão de impor a lei chinesa em uma parte da estação de trens de Hong Kong, o que denunciam como uma ingerência de Pequim.

Alguns manifestantes entraram em confronto com a polícia ao final do protesto e aqueles que se negaram a deixar o local foram retirados à força e escoltados por guardas.

As relações entre China e Hong Kong são regidas pelo princípio de "um país, dois sistemas" desde que o Reino Unido devolveu a cidade à China em 1997 após 150 años de mandato britânico.

Os manifestantes protestaram nesta segunda-feira contra um acordo de "co-localização" pelo qual uma parte do novo terminal ferroviário, em pleno coração da cidade, estaria submetido à lei chinesa para efeito de controles de imigração.

O protesto se concentrou na sede do governo da cidade, um lugar tradicional de protesto recentemente reaberto ao público após seu fechamento pelas autoridades durante as manifestações de 2014.

Os manifestantes pedem a demissão da chefe do Executivo local, Carrie Lam. Foram registrados alguns choques menores com a polícia, segundo jornalistas da AFP presentes no local.

ey-lm/kaf/jpo/roc/acc/age/cc

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos