Berlim chora a morte súbita de filhote de urso polar de menos de um mês

Berlim, 2 Jan 2018 (AFP) - O filhote de urso polar, nascido em um zoológico de Berlim faleceu subitamente ao cumprir 26 dias de vida, a segunda morte deste tipo em um ano na capital alemã.

"Sabemos que a mortalidade entre os filhotes de urso é muito alta nas primeiras semanas de vida, mas isto nos deprimiu e nos deixou tristes", declarou Florian Sicks, cuidador dos ursos polares no Tierpark, no leste da cidade.

Tonja, sua mãe de oito anos de idade, cuidou de maneira "exemplar" do seu bebê, que ainda gozava de boa saúde e mamava no dia do Ano Novo, indica o zoológico em um comunicado.

Mas os funcionários detectaram que o filhote, que ainda não tinha nome, estava morto quando inspecionaram as câmeras de vigilância da jaula dos ursos, na manhã desta terça-feira.

Cientistas do Instituto Leibniz para a pesquisa zoológica e da fauna selvagem (IZW) realizarão uma autópsia para determinar a causa exata da morte.

Este é o segundo óbito em menos de um ano no Tierpark, onde em março passado morreu Fritz, um filhote de quatro meses, devido a uma hepatite.

Os berlinenses tinha recebido Fritz com entusiasmo, o primeiro urso polar nascido neste zoológico da capital nos últimos 22 anos.

Muitos esperavam que Fritz ocupasse no coração dos alemães o lugar de Knut, o urso polar adorado por todos, que nasceu em 2006 e teve que ser criado por guardas de um zoológico após ser rejeitado pela sua mãe.

Knut, que alcançou fama internacional e rendeu milhões de euros em entradas para o parque e em artigos de marketing, morreu prematuramente em 2011.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos