Reformistas iranianos condenam violência e apoio dos EUA em protestos

Teerã, 2 Jan 2018 (AFP) - O principal grupo reformista iraniano, presidido pelo ex-presidente Mohammad Khatami, condenou a violência nos protestos dos últimos dias e o apoio dos Estados Unidos aos manifestantes, em um comunicado divulgado pela imprensa.

"Sem dúvida, o povo iraniano enfrenta dificuldades em suas vidas diárias, mas os acontecimentos dos últimos dias mostram que oportunistas e perturbadores exploram as manifestações para criar problemas", afirma a declaração da Associação de Combatentes Religiosos.

"Os inimigos do Irã, liderados pelos Estados Unidos e seus agentes, encorajam as ações violentas".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos