Topo

Dois jihadistas morrem em novo ataque aéreo dos EUA na Somália

03/01/2018 21h44

Washington, 3 Jan 2018 (AFP) - Os Estados Unidos anunciaram ter destruído na terça-feira um veículo carregado de explosivos perto de Mogadíscio na Somália, matando dois militantes islamitas shebab.

"Em coordenação com o governo federal somali, as forças armadas americanas realizaram um ataque aéreo contra islamistas shebab na primeira hora de 2 de janeiro", informou na quarta-feira o comando militar americano para a África (AFRICOM) em um comunicado.

O ataque foi realizado a "50 quilômetros da capital somali, matando dois terroristas e destruindo um aparelho explosivo improvisado a bordo de um veículo, o que evitou que fosse utilizado contra a população de Mogadíscio", destacou o comunicado.

Militantes do grupo Al Shabab, vinculado à Al Qaeda, querem fazer cair o frágil governo central somali, apoiado pela comunidade internacional e por 22.000 homens das forças da União Africana (Amisom).

Acredita-se que o Al Shabab tenha sido responsável pelo atentado com carro-bomba, não reivindicado, que em 14 de outubro matou 512 pessoas no centro de Mogadíscio, o mais grave da história da Somália.

Os Estados Unidos intensificaram suas operações na Somália nas últimas semanas, acelerando o ritmo de seus ataques com drones contra o Al Shabab e os jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI).

Em todo o ano de 2017 os Estados Unidos realizaram 35 ataques na Somália, uma cifra que supera o total de ataques lançados desde o início da campanha aérea neste país em 2007, segundo um estudo da Fundação para a Defesa das Democracias (FDD) publicado na quarta-feira.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Newsletters

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero receber