Drag queen em desfile de Reis gera polêmica na Espanha

Madri, 3 Jan 2018 (AFP) - A participação de uma cantora transsexual em um desfile dos Reis Magos em Madri despertou, nesta quarta-feira, as críticas dos conservadores que acusam os organizadores de desnaturalizar este popular evento infantil na Espanha.

A 'drag queen' La Prohibida anunciou que subirá em um dos carros "pela diversidade e pela igualdade", fantasiada com um pijama de pelúcia em uma das 17 tradicionais cavalgadas da noite de 5 de janeiro na capital espanhola.

Ela não se vestirá de rei mago e estará em um dos 16 carros do desfile, mas isso foi o suficiente para despertar as críticas.

"O Dia de Reis tem que ser respeitado como se respeita qualquer festividade de outra religião", declarou José Luis Martínez Almeida, porta-voz do Partido Popular do chefe do governo Mariano Rajoy, e opositor à prefeitura de esquerda de Manuela Carmena.

Ele acusou a prefeita de tentar "desnaturalizar o Natal" após outras polêmicas em torno do desfile de Reis Magos nos anos precedentes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos