EUA e Coreia do Sul adiarão manobras militares durante Jogos de Inverno

Seul, 4 Jan 2018 (AFP) - Os presidentes americano, Donald Trump, e sul-coreano, Moon Jae-In, concordaram em adiar os exercícios militares previstos para depois dos Jogos Olímpicos de Inverno em Pyeongchang, no próximo mês, informou nesta quinta-feira (4) o gabinete de Moon.

"Os dois líderes decidiram que os exercícios militares de Estados Unidos e Coreia do Sul não vão ser realizados no período olímpico, e que as Forças Armadas de ambos os países devem se concentrar em garantir a segurança dos Jogos", assinalou um comunicado.

Trump reagiu positivamente nesta quinta diante da retomada das conversas de alto nível entre as duas Coreias, previstas para semana que vem.

Os testes nucleares e balísticos de Pyongyang em 2017 elevaram a tensão na península coreana e em toda a região a níveis quase desconhecidos.

A decisão de Trump e Moon foi tomada durante uma conversa por telefone nesta quinta-feira, informou Seul.

Segundo o comunicado, Moon disse a Trump que suspender temporariamente os exercícios militares ajudaria a garantir o sucesso dos Jogos de Inverno "sempre e quando a Coreia do Norte não realizar mais provocações".

As conversas bilaterais coreanas serão as primeiras desde 2015. Os temas são "de interesse mútuo", incluindo a participação da Coreia do Norte nos Jogos de Pyeongchang.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos