Rei Felipe VI da Espanha homenageia seu pai, Juan Carlos

Madri, 6 Jan 2018 (AFP) - O rei Felipe VI da Espanha agradeceu neste sábado (6) a seu pai, Juan Carlos, por "tantos anos de serviço leal" ao país, na primeira aparição do monarca anterior, que acaba de completar 80 anos, na Páscoa Militar celebrada em Madri.

Juan Carlos participou da cerimônia, o principal ato castrense do ano, junto com seu filho, a rainha Letizia e sua esposa Sofía no Palácio Real de Madri. Lá se reuniu com os chefes dos Exércitos do Ar, Terra e Mar.

Juan Carlos não assistia a Páscoa Militar desde que abdicou, em 2014, em favor de seu filho Felipe VI, quando a monarquia era atingida por uma série de escândalos que a levaram ao nível mais baixo de popularidade desde a morte do ditador Francisco Franco em 1975.

Em um discurso, o rei Felipe VI homenageou seu pai, considerado um dos artífices da transição democrática na Espanha, ao fim da ditadura franquista (1939-1975), que em 1981 deteve um golpe militar.

"Permitam-me agora que, como comandante supremo das Forças Armadas, em nome de todos, felicite nosso antigo capitão-general, sua majestade o rei Don Juan Carlos, após completar ontem seu 80º aniversário", disse o monarca, que em 30 de janeiro completa 50 anos.

"Felicidades, majestade, e obrigado por tantos anos de serviço leal à Espanha (...) e sempre velando pela excelência e pelo compromisso nestas Forças Armadas com nossa democracia, com nossa liberdade e segurança", acrescentou na presença do chefe de Governo, Mariano Rajoy, e de vários ministros.

Entre eles estava a ministra da Defesa, María Dolores de Cospedal, que também homenageou Juan Carlos em nome da "Espanha democrática e moderna, cuja construção vós liderastes dos pilares da reconciliação, da concórdia e da convivência".

Na sexta-feira, Juan Carlos celebrou seus 80 anos com um almoço que contou com a presença de toda a Família Real, salvo sua filha Cristina e seu marido Iñaki Urdangarin. Os dois foram afastados da Família Real por um caso de malversação protagonizado pelo cunhado de Felipe VI, que pode ser preso este ano.

Este caso turvou os últimos anos do reinado de Juan Carlos, sacudido também por seus escândalos - foi com uma aristocrata alemã caçar elefantes na África em plena crise econômica -, seus problemas de saúde e as suspeitas sobre sua opaca fortuna e seus vínculos com as monarquias do Golfo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos