Tempestade de inverno nos EUA causa problemas em aeroporto de NY

Nova York, 6 Jan 2018 (AFP) - Uma forte tempestade de inverno que atravessou uma grande extensão dos Estados Unidos causou caos neste sábado (6) em vários aeroportos, com os passageiros que chegaram a Nova York se queixando por terem ficado presos na pista por horas.

Um "ciclone de bomba" que varreu a parte nordeste do país com fortes nevascas, temperaturas glaciais e ventos fortes levou ao cancelamento, no início da semana, de milhares de voos e muitos atrasos.

Embora os voos tivessem sido retomados no aeroporto John F. Kennedy de Nova York, os passageiros do Air China 989 de Pequim tiveram que esperar sete horas para desembarcar, segundo um tuíte do site de rastreamento de voos Flightradar24.

"Há mais voos novos que chegaram ao JFK nesta manhã estacionados com passageiros à espera do desembarque", informou o site.

Um passageiro com a conta @jennimonet no Twitter escreveu: "Finalmente livre! Depois de um voo de 14 horas de Pequim e mais sete horas preso na pista do @JKFairport, os passageiros a bordo do voo da @airchina #CA989 estão desembarcando. A próxima preocupação são as longas filas da alfândega. Nosso voo foi apenas um dos vários que aterrissaram sem um portão designado".

Na sexta-feira, um passageiro com a conta no Twitter @thechrismendez postou: "Fiquei preso na pista do JFK por mais de três horas no voo 860 da Alitalia. Muitos passageiros estão buscando atendimento médico. A equipe não comunica. Bebês estão literalmente chorando de fome e pessoas ligando para a Polícia do avião".

Dois voos com direção a Nova York - OS87 de Viena e LH400 de Frankfurt - tiveram que voltar devido ao "limite de capacidade do JFK", segundo o Flightradar24.

Além dos passageiros furiosos, aeronaves da China Southern Airlines e da Kuwait Airways bateram perto do Terminal 4 do JFK em meio ao caos, informou a mídia local.

Ninguém ficou ferido, mas os dois aviões foram danificados e estão fora de serviço.

O aeroporto de Charleston, na Carolina do Sul, que não está preparado para enfrentar os 12,7 centímetros de neve e gelo que recebeu, viu 64% das decolagens serem canceladas neste sábado, segundo o FlightAware.

A tempestade extrema foi alertada em partes do meio-oeste e no nordeste dos Estados Unidos, com as autoridades avisando que as rajadas de vento poderiam ser sentidas mais frias do que -43ºC.

Pelo menos 19 pessoas do Texas a Wisconsin morreram devido ao clima severo, informou a mídia americana.

O Monte Washington, em New Hampshire, marcou a segunda temperatura mais baixa da Terra no início deste sábado, -38ºC.

A temperatura em Nova York neste sábado ficou em torno de -10ºC, com o rio Hudson parcialmente congelado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos