Topo

Ataque com drones contra bases russas na Síria

08/01/2018 14h25

Moscou, 8 Jan 2018 (AFP) - Drones carregados de explosivos atacaram as bases russas de Hmeimim e Tartus na Síria na sexta-feira à noite sem causar baixas ou danos, informou nesta segunda-feira o ministério da Defesa russo.

"Treze drones carregados de explosivos se aproximaram da base aérea russa de Hmeimim e de outras três da base da Frota Russa de Tartus", indicou o ministério em um comunicado citado pelas agências de notícias russas.

Estes ataques organizados para fins "terroristas" ocorreram na noite de 5 a 6 de janeiro e não "causaram vítimas nem danos materiais", segundo a mesma fonte.

"As bases de Hmeimim e Tartus continuam a operar normalmente", garantiu.

Dos treze drones, sete foram destruídos e seis foram interceptados pelo exército russo, acrescentou.

Em 31 de dezembro, quatro soldados russos foram mortos na Síria, incluindo dois em um ataque contra a base de Hmeimim.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH) relatou dois incidentes com drones carregados com explosivos enviados para a base de Hmeimim em 6 de janeiro e na noite de 31 de dezembro.

Estes ataques teriam sido conduzidos por "um grupo de rebeldes islâmicos de Latakia", assegurou o OSDH.

Depois de mais de dois anos de intervenção das forças russas para apoiar o regime de Bashar al-Assad, o presidente Vladimir Putin anunciou em meados de dezembro a retirada parcial de suas tropas na Síria.

A Rússia, no entanto, continua a manter três batalhões da polícia militar, seu centro de reconciliação e as bases de Hmeimim e Tartus.

bur-all/cn /mr