Chile ajusta últimos detalhes para chegada do papa Francisco

Santiago, 8 Jan 2018 (AFP) - A uma semana da chegada do papa Francisco, Chile acertava nesta segunda-feira (8) os detalhes sobre as cerimônias e a roupa que o religioso utilizará em sua visita de três dias, que deve reunir mais de um milhão fiéis.

Nesta segunda-feira, a Comissão organizadora apresentou as túnicas, estolas e mitras que os cerca de 1.500 bispos e sacerdotes que acompanharão o papa nas missas usarão. A túnica que será usada por Francisco nas três liturgias não foram exibidas à imprensa.

Simultaneamente, o governo reforçava a segurança na fronteira diante da esperada chegada em massa de fiéis. Nas ruas de Santiago se pode adquirir desde almofadas com a foto de Francisco até chaveiros com frases religiosas.

Para cada uma das missas, cinco designers chilenos confeccionaram durante quatro meses três tipos de batinas de algodão estampada a 'cruz andina'.

O papa utilizará ainda cálices de aço inoxidável onde serão depositadas mais de 600.000 hóstias que deverão ser distribuídas nas três liturgias, programadas para começar às 11H00 da manhã (14H00 GMT) durante os três dias.

As autoridades chilenas esperam que cerca de 400.000 pessoas assistam a cada uma das missas realizadas em Santiago, Temuco e Iquique, e que milhares de turistas peregrinos venham desde países como Argentina, Peru e Bolívia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos