Guerra hídrica entre Flórida e Geórgia chega à Suprema Corte dos EUA

Washington, 8 Jan 2018 (AFP) - A Corte Suprema de Justiça dos Estados Unidos examina nesta segunda-feira (8) a disputa pelo fornecimento de água entre os estados de Geórgia e Flórida, uma guerra de longa data na qual o segundo tem saído prejudicado.

Os nove juízes da corte máxima tinham se preparado para a audiência revisando os dados geográficos do problema: dois rios da Geórgia, o Chattahoochee e o Flint, se encontram para formar o rio Apalachicola, que corre completamente no território da Flórida.

Antes de desembocar no Golfo do México, o Apalachicola cruza uma faixa de terra no noroeste da Flórida conhecida informalmente como "Panhandle". A faixa abriga a baía de Apalachicola, um dos estuários mais ricos do país.

A região era uma das principais zonas de produção de ostras da América do Norte, antes das recentes secas e do aumento da salinidade, que causou estragos nos tanques de cultivo.

A crise aconteceu no começo da década de 1990. Conforme Atlanta, na Geórgia, crescia, o estado passou a usar cada vez mais água dos três rios.

A região costeira da Flórida acabou ficando seca e passou a ser chamada de Forgotten Coast ("costa esquecida").

A batalha para salvar suas ostras da baía Apalachicola já dura duas décadas. Mas, até então, a Flórida saiu perdendo, apesar de uma lei do fim do século passado imporuma "divisão justa" dos recursos hídricos em caso de litígio entre estados.

"O senso comum está a seu lado", disse a juíza Elena Kagan ao defensor da Flórida.

seb/vog/ll/rsr/ll

COCA-COLA

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos