As duas Coreias aceitam restabelecer sua linha telefônica militar direta

Seul, 9 Jan 2018 (AFP) - A Coreia do Norte e a Coreia do Sul acertaram nesta terça-feira restaurar sua linha telefônica militar, anunciou um ministro sul-coreano poucos dias depois da reabertura de uma linha civil.

A Coreia do Norte indicou durante as primeiras conversações entre os dois países em mais de dois anos que a linha militar instalada na parte ocidental da fronteira está de novo operacional, informou o vice-ministro sul-coreano da Unificação, Chun Hae-Sung, falando em Seul

"Nosso lado decidiu começar a utilizar a linha tefefônica militar a partir de amanhã, às 08h00", afirmou.

Pyongyang também afirmou que pode enviar atletas e uma delegação de alto nível aos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul.

Seul, por sua vez, pediu que durante os Jogos de Pyeongchang sejam organizados também reencontros de famílias divididas pela Guerra da Coreia (1950-1953), um dos legados mais delicados deste conflito.

As conversações aconteceram em Panmunjom, a cidade da Zona Desmilitarizada (DMZ) e o tradicional ponto de contato de sua fronteira comum, embora também a materialização dos efeitos duradouros da Guerra da Coreia (1950-1953).

A equipe enviada pelo Norte atravessou a pé a linha de demarcação militar até a Casa da Paz, no lado sul.

O ministro sul-corano da Unificação, Cho Myoung-Gyon, e o líder da delegação norte-coreana, Ri Son-Gwon, apertaram as mãos na entrada do prédio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos