Ativistas marcharão contra indulto a Fujimori e por renúncia de Kuczynski

Lima, 9 Jan 2018 (AFP) - Ativistas de sindicatos, de grupos camponeses e de organizações civis marcharão nesta quinta-feira no Peru contra o indulto ao ex-presidente Alberto Fujimori e para exigir a renúncia do presidente Pedro Pablo Kuczynski, informou um dirigente.

"A marcha contra a impunidade e contra o indulto de Fujimori" e "Contra o pacto político" são os lemas levantados pelo Comando Nacional Unitário de Luta, que aglutina organizações sindicais, camponesas e universitárias nesse dia de protesto, informou em entrevista coletiva o sindicalista Gerónimo López.

A mobilização espera reunir cerca de 50.000 pessoas em Lima.

Kuczynski outorgou um indulto humanitário no dia 24 de dezembro a Fujimori que polarizou o país e gerou protestos. O presidente argumentou que tenta reconciliar os peruanos, embora tenha admitido que "foi a decisão mais difícil" de sua vida.

Grupos fujimoristas convocaram para sexta-feira uma manifestação em apoio ao indulto, que também partirá do Campo de Marte às 16H00 do horário local (21H00 GMT) e será convocada uma "marcha pela consolidação da paz no Peru".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos