Etiópia aprova lei que proíbe estrangeiros de adotar crianças

Adis Abeba, 10 Jan 2018 (AFP) - Os deputados da Câmara de representantes da Etiópia aprovaram, na terça-feira, 9 de janeiro, uma lei que proíbe a os estrangeiros de adotar crianças etíopes, confirmou à AFP o porta-voz do ministério das Mulheres, Crianças e Juventude após a publicação da informação na imprensa local.

O porta-voz do ministério etíope não deu mais detalhes, mas, segundo o veículo de mídia local Diretube, a proibição das adoções por parte de estrangeiros justificou-se com base "em vários crimes contras os menores (de idade)".

Este voto acontece quase nove meses depois de que o governo etíope anunciar uma moratória sobre as adoções por estrangeiros, em 21 de abril de 2017, que levou à suspensão de dezenas de casos, incluído para aqueles pais que legalmente tinham terminado o procedimento de adoção.

A incerteza continua para os procedimentos ainda em curso, mas algumas fontes indicam que a Etiópia teria se comprometido a finalizá-las.

A Etiópia é um país muito conhecido pelas adoções. Com esta modificação do Código de Família "é o final de uma época", afirma um diplomata.

str-tmc/bc/age/cc

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos