Para Guiné Equatorial, suposta tentativa de golpe foi armada na França

Malabo, Guiné Equatorial, 10 Jan 2018 (AFP) - O suposto golpe de Estado que o governo da Guiné Equatorial afirma ter frustrado em dezembro foi preparada em território francês, disse nesta quarta-feira (10) o ministro das Relações Exteriores do país africano.

"Infelizmente, parte da estratégia de orquestrar esta desestabilização ou tentativa de golpe de Estado viria do território francês", disse o ministro Agapito Mba Mokuy em coletiva de imprensa.

"Isso não tem absolutamente nada a ver com a França, nem com o governo da França", acrescentou, assegurando que seu governo colaborará com as autoridades de Paris.

Segundo o ministro, um total de 27 "terroristas ou mercenários" foram detidos após uma suposta tentativa de golpe de Estado frustrado em dezembro. Cerca de 150 mercenários estariam ainda no território de Guiné Equatorial, segundo esta versão, na fronteira com Camarões.

As relações entre Guiné Equatorial e França estão tensas desde que a justiça francesa julgou e condenou em outubro Teodorín Obiang.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos