Topo

Morre em Cuba negociadora de paz da guerrilha colombiana ELN

11/01/2018 22h09

Quito, 12 Jan 2018 (AFP) - Uma integrante da equipe negociadora da guerrilha ELN, que dialoga com o governo colombiano um acordo para superar meio século de conflito armado, faleceu em Cuba, informou nesta quinta-feira (11) o grupo insurgente.

Omaira Elena Vásquez, cujo nome de guerra era "Paula", morreu na manhã de terça-feira em Havana, após ser atendida de "urgência" na tarde de segunda com uma "parada cardíaca", destacou a comissão negociadora em um comunicado datado de Quito, sede das conversações de paz.

"Paula" morreu na capital cubana após 20 meses de cuidados médicos especializados após sofrer um acidente vascular cerebral, acrescentou.

Vásquez integrava a direção nacional do ELN e era parte da comissão que sustenta diálogos de paz com o governo de Juan Manuel Santos desde fevereiro do ano passado.

Embora o guevarista Exército de Libertação Nacional (ELN) não tenha informado sua idade, a comandante era considerada uma das guerrilheiras mais velhas da organização.

"Sua partida nos compromete e nos desafia a continuar ao lado do povo neste caminho de alcançar uma paz com transformações e dignidade para todas e todos os colombianos", acrescentaram os insurgentes.

O processo de paz entre o ELN e o governo atravessa sua pior crise, após uma ofensiva da guerrilha na Colômbia nesta quarta-feira, horas depois de terminar o primeiro cessar-fogo bilateral em cinco décadas de confronto armado.