Turquia reintegra mais de 1.800 funcionários afastados após golpe

Ancara, 12 Jan 2018 (AFP) - O governo turco reintegrou mediante um decreto 1.823 funcionários que haviam sido destituído após o fracassado golpe de Estado contra o presidente Recep Tayyip Erdogan em julho de 2016, informou nesta sexta-feira a agência de notícias estatal Anadolu.

Os 1.823 funcionários foram afastados de seus cargos depois da tentativa de golpe por terem feito o download de um aplicativo de mensagens cifradas que o governo considerou ter sido a ferramenta de comunicação usada pelos golpistas.

No entanto, no final de dezembro, as autoridades anunciaram que esse aplicativo havia sido baixado por milhares de pessoas sem terem noção disso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos