Desaprovação do governo Kuczynski sobe a 70% no Peru

Lima, 14 Jan 2018 (AFP) - A desaprovação da gestão do presidente peruano, Pedro Pablo Kuczynski, subiu a 70% em janeiro, dois pontos a mais do que em dezembro, em meio à crise política provocada por seu indulto ao ex-mandatário Alberto Fujimori, segundo pesquisa do Ipsos.

A aprovação de Kuczynski foi de 23%, quatro pontos percentuais a menos do que no mês anterior, de acordo com a pesquisa divulgada neste domingo pelo jornal El Comercio.

A pesquisa, realizada em todo o país com 1.271 pessoas entre 10 e 12 de janeiro, aponta que 40% consideram que o indulto dado por Kuczynski a Fujimori teve motivações políticas; 15%, razões humanitárias; e 41%, por ambos os motivos.

Em 24 de dezembro, o presidente perdoou Fujimori, de 79 anos, alegando motivos de saúde. A medida foi anunciada alguns dias após o ex-governante - condenado por crimes contra a humanidade - ser hospitalizado em uma clínica por arritmia cardíaca e pressão baixa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos