Topo

Terremoto de 7,3 graus deixa dois mortos no Peru

14/01/2018 13h46

Lima, 14 Jan 2018 (AFP) - Pelo menos duas pessoas morreram e 65 ficaram feridas após um terremoto de magnitude 7,3 que atingiu o sul do Peru na madrugada deste domingo, quatro dias antes da chegada do papa Francisco ao país.

O terremoto foi registrado às 04h18 locais (07h18 de Brasília), com epicentro 31 quilômetros a sudoeste de Acari, cidade costeira do departamento de Arequipa, a cerca de 500 km de Lima, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS).

Uma pessoa morreu no distrito de Yauca e outra no de Bella Unión, onde patrulhas de socorristas trabalhavam para ajudar os afetados, segundo a Defesa Civil.

"Há duas mortes confirmadas na região de Arequipa e até o momento 65 feridos foram relatados", declarou o general Jorge Chávez, chefe do Instituto Nacional de Defesa Civil (Indeci).

O Instituto Geofísico do Peru (IGP) observou que o epicentro foi no mar, a 56 quilômetros de Lomas, no sul do Peru. A profundidade foi de 48 quilômetros.

A Marinha peruana informou que não emitiria aviso de tsunami na costa peruana, enquanto o Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico, com base no Havaí, também descartou o risco para outros países.

Muitas pessoas em Lima, Arequipa e outras cidades peruanas foram despertadas pelo terremoto. "Aqui na clínica, o tremor foi sentido por um bom momento", relatou um paciente em um hospital particular de Lima.

Em Arequipa, muitas pessoas foram para as ruas, de acordo com mensagens publicadas nas redes sociais.

Santiago Neyra, prefeito de Caravelí, uma das áreas afetadas, disse que algumas casas de alvenaria desabaram, a maioria em Lomas.

"Foi suspensa a circulação de veículos. Não há combustível em Jaquí e Acari, Bella Unión, Yauca, Chala, Atiquipa. Em Caravelí, há várias casas derrubadas e em condições inabitáveis, mas até agora não foram registradas vítimas", explicou.

Em algumas estradas da região de Arequipa, houve deslizamento de pedras, que fecham as vias. Por isso, "os veículos só circulam em um dos sentidos da estrada", apontou.

O comandante Alberto Rojas, chefe da Polícia Rodoviária em Arequipa, disse que uma ponte no distrito de Yauca sofreu danos à sua estrutura.

O Peru está localizado no chamado Cinturão de Fogo do Pacífico, uma área de forte atividade sísmica.

O papa Francisco chegará no Peru na quinta-feira para uma visita pastoral de três dias depois de visitar o Chile. Não está previsto que ele visite o sul do país - seu trajeto passa por Lima, Amazônia e o norte do Peru.