Governo venezuelano anuncia morte de piloto rebelde em operação de captura

Caracas, 16 Jan 2018 (AFP) - O governo venezuelano anunciou nesta terça-feira (16) que o ex-policial Óscar Pérez, protagonista do ataque de um helicóptero contra edifícios do governo em 2017, morreu junto com seis homens de seu grupo durante a extensa operação de captura realizada na segunda-feira nos arredores de Caracas.

O ministro do Interior, o general Néstor Reverol, incluiu Pérez, de 36 anos, na lista dos "sete terroristas mortos" mostrando suas fotografias, em um anúncio na televisão oficial. Outros seis homens do grupo estão "detidos sendo processados neste momento", acrescentou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos