Casal é acusado nos EUA de tortura e abusos contra os 13 filhos

Riverside, Estados Unidos, 18 Jan 2018 (AFP) - Um casal americano que mantinha os 13 filhos desnutridos e em cativeiro em sua casa na Califórnia foi acusado nesta quinta-feira (18) pela Justiça de tortura e abuso de menores, revelou o promotor do condado de Riverside, Mike Hestrin.

David Allen Turpin, de 57 anos, e sua esposa Louise Anna Turpin, de 49, são alvo de 12 acusações por tortura, outras 12 por falsa prisão, seis por abuso de menores e outros seis por abusar de um adulto dependente.

"Se forem condenados por todos as acusações, ele poderão enfrentar entre 94 anos de prisão e prisão perpétua", informou Hestrin.

A fiança para ambos foi estabelecida em 13 milhões de dólares.

Os Turpin foram detidos no domingo passado depois que a polícia de Perris, uma pequena localidade ao sudeste de Los Angeles, respondeu à chamada de emergência de uma jovem de 17 anos que havia conseguido escapar.

Ao chegar em sua casa, suja e cheirando mal, encontraram vários filhos do casal acorrentados.

Os agentes acharam que eram todos crianças, por serem pequenos e magros, mas sete deles são adultos com idades entre 18 e 29 anos.

Os 13 irmãos estão sendo tratados por desnutrição e submetidos a vários exames médicos.

O procurador afirmou que todos foram vítimas de "abuso prolongado" e que não podiam tomar banho mais de uma vez por ano. Além disso, nunca foram ao médico e ao dentista.

"Muitas vezes não era desacorrentados nem para poder ir ao banheiro", disse Hestrin em entrevista coletiva.

Os maus tratos começaram quando a família vivia no Texas, mas "se intensificou com o tempo", quando se eles se mudaram para a Califórnia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos