Papa Francisco renderá tributo a relíquias de seus santos favoritos no Peru

Lima, 18 Jan 2018 (AFP) - O papa Francisco renderá tributo às relíquias de seus santos preferidos no próximo domingo na Catedral de Lima, um dia depois de homenagear três sacerdotes, dois poloneses e um italiano, assassinados pela guerrilha maoísta Sendero Luminoso.

São Martinho de Porres (1579-1639), o frade negro representado com uma vassoura na mão como símbolo de humildade, é um dos santos favoritos do Papa, disse à AFP o sacerdote jesuíta Ernesto Cavassa, reitor da Universidade Antonio Ruiz de Montoya.

"Sobre São Martinho de Porres ele sempre disse que gosta, mais do que tudo, pela vassoura, porque tem que limpar muitas coisas para que a Igreja fique melhor", comentou há alguns dias o cardeal peruano Juan Luis Cipriani.

Mas é Toríbio de Mongrovejo (1538-1606) o santo que o Papa argentino mais admira, segundo o padre Cavassa.

"O papa admira Toríbio porque era muito entregue a sua missão pastoral, é o modelo de bispo" que a Igreja deveria seguir no século XXI, explicou o religioso.

As relíquias de São Toríbio, que foi o segundo arcebispo de Lima, ficam guardadas na Catedral de Lima, mas os restos dos outros santos peruanos serão levados especialmente para a visita de Francisco.

- Peregrinos em Santo Domingo -A igreja de Santo Domingo, situada a três quadras da Catedral, conserva as relíquias de três dos cinco santos peruanos: São Martinho de Porres, São Juan Macías (1585-1645) e Santa Rosa de Lima (1586-1617), a padroeira da América.

Do quinto, São Francisco Solano (1549-1610), não são conservados os restos pois foram roubados da Igreja de São Francisco, também situada a três quadras da Catedral.

"O crânio estava na igreja", mas foi levado temporariamente para a Espanha "e no retorno foram roubados", disse à AFP María Rosa Padilla, administradora do Museu de São Francisco, que possui catacumbas coloniais que são visitadas cotidianamente por turistas.

Francisco Solano, Toríbio e Juan Macías nasceram na Espanha, enquanto Rosa e Martinho, em Lima. No entanto, os peruanos não fazem diferença e veneram a todos, embora os dois crioulos sejam os mais populares.

O Papa terá um encontro na Catedral no domingo com 1.500 sacerdotes e 3.500 freiras, sem acesso ao público. Por isso, muitos peregrinos aproveitaram para visitar as relíquias na igreja de Santo Domingo.

"Vim buscar o Senhor em seus santos. A visita do Santo Padre é um privilégio para os peruanos", disse à AFP a mexicana Gabriela Vega após rezar em frente às relíquias dos três santos.

"Sofremos muitas desilusões de membros da Igreja. Fala-se de todo o mal, mas não de todo o bem que a Igreja faz", comentou Vega, de 60 anos.

- Relicários restaurados -Vilma Velázquez, da Irmandade de São Martinho de Porres, disse que o Papa irá trazer bençãos ao Peru.

"Ele nos fez muitos milagres na saúde e na doença. Você pede algo e ele te concede, mas sempre tem que fazer com fé", declarou à AFP Velázquez, que carregava uma imagem do santo com a vassoura.

As urnas que contêm as relíquias de São Martinho de Porres e São Juan Macías são de bronze com prata. A de Santa Rosa é de prata com madeira. São retiradas muito ocasionalmente da igreja de Santo Domingo. Os três pertenciam à ordem Dominica.

"No ano passado fizeram uma restauração interna dos três relicários", explicou à AFP Jesús Cañamero, de 27 anos, que pertence à Ordem Terceira Dominica e trabalha de guia neste templo.

Os crânios de Rosa e Martinho estão expostas, protegidas por pequenas vitrines.

- Sacerdotes assassinados -Os cinco santos peruanos viveram na colônia, embora alguns tenham sido canonizados depois. Há dois anos Francisco beatificou - primeiro passo para ser santo - três sacerdotes assassinados no Peru em 1991 pela Sendero Luminoso.

Os franciscanos poloneses Michel Tomaszek e Zbigniew Strzalkowski foram assassinados em 9 de agosto, enquanto o padre italiano Sandro Dordi foi morto em 25 de agosto.

Os restos destes três "mártires" católicos estão na cidade de Chimbote (norte), mas serão levados à cidade de Trujillo para serem venerados pelo pontífice no sábado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos