Coalizão opositora se inscreve para eleição presidencial na Venezuela

Caracas, 20 Jan 2018 (AFP) - A coalizão opositora Mesa da Unidade Democrática (MUD) e dois de seus três principais partidos decidiram se inscrever junto ao poder eleitoral para disputar as eleições presidenciais de 2018, como determinou a Assembleia Constituinte.

Hoje "se encerrou o lapso de formalização das solicitações para a validação dos partidos (...). Das organizações convocadas, a AD (Ação Democrática), PJ (Primeiro Justiça) e MUD manifestaram sua decisão de concorrer", anunciou no Twitter o deputado Henry Ramos Allup, secretário-geral da AD.

O partido Vontade Popular, fundado por Leopoldo López - em prisão domiciliar -, decidiu não participar do processo, que foi fixado pelo Conselho Nacional Eleitoral (CNE), acusado pela oposição de servir ao governo, para 27 e 28 de janeiro.

"Não validaremos nosso cartão (...) e propusemos validar a da (Mesa) Unidade como símbolo de união contra a ditadura", expressou o deputado Juan Guaidó, da Vontade Popular, ao destacar que a MUD validará sua inscrição como agrupação em si mesma.

"A Venezuela exige de nós gestos de sacrifício e desprendimento sinceros que atendam à mudança que deseja o nosso povo...".

A Constituinte, considerada "ilegítima" pela MUD, ordenou que o Primeiro Justiça, do ex-candidato presidencial Henrique Capriles; Vontade Popular, e Ação Democrática, de Ramos Allup, se reinscrevessem no CNE após boicotarem as eleições municipais de 10 de dezembro.

Os três partidos denunciaram irregularidades nas eleições estaduais, em 15 de outubro, e consideraram que não havia condições para se disputar as municipais, ambas vencidas por ampla margem pelo chavismo.

As eleições presidenciais na Venezuela, nas quais o presidente Nicolás Maduro tentará a reeleição, estão previstas para o fim do ano, em data ainda não anunciada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos