Merkel pede governo estável na Alemanha para reformar UE

Paris, 19 Jan 2018 (AFP) - A chanceler alemã, Angela Merkel, declarou nesta sexta-feira (19) em Paris que a estabilidade do governo alemão é indispensável para fazer avançar a construção da União Europeia (UE).

No domingo, os social-democratas votam o projeto de coalizão apresentando pela chanceler.

"Para atuar na Europa é fundamental ter um governo estável na Alemanha", declarou Merkel em uma coletiva de imprensa com o presidente francês, Emmanuel Macron, que disse que a França "precisa" da Alemanha para reformar o bloco.

Há meses, Merkel enfrenta dificuldades para formar um governo para um quarto mandato. Um último projeto de coalizão com os social-democratas será submetido ao voto do SPD no domingo.

"Meu fervor europeu e minha concepção de uma Europa forte não dependem da decisão de outros partidos políticos, então após discusssões exploratórias, desejo que o congresso do SPD dê seu aval para iniciar as negociações da coalizão", afirmou Merkel.

As legislativas de setembro não permitiram o estabelecimento de uma maioria clara em razão do avanço do partido de extrema-direita AfD.

A CDU de Merkel, seu aliado bávaro CSU e o SPD dialogaram em janeiro e concordaram sobre um primeiro programa comum para um eventual futuro governo.

Este documento deve ser aprovado pelos 600 delegados social-democratas no domingo.

Na coletiva de imprensa, Macron afirmou que a França "precisa" da Alemanha. "A ambição que temos não pode ser alcançada sozinha e precisa se somar à ambição alemã", afirmou ao lado de Merkel na sede da presidência francesa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos