Papa visita abrigo para menores vulneráveis na Amazônia

Puerto Maldonado, Peru, 19 Jan 2018 (AFP) - O Papa Francisco se reuniu nesta sexta-feira com mais de 200 crianças do abrigo El Principito, lugar de acolhida de menores vulneráveis na Amazônia peruana, na fronteira com Brasil e Bolívia.

O abrigo, situado em uma rua de terra próxima ao rio Madre de Dios, foi criado pelo padre Xavier Arbex de Morsier em 1997 para receber crianças vítimas de violência física, sexual ou psicológica.

Atualmente, 40 crianças vivem no abrigo, utilizado por Francisco para se encontrar com outros menores da região em situação de vulnerabilidade.

"Não renunciem ao legado de seus avós, não renunciem a sua vida nem a seus sonhos. Estudem, preparem-se, aproveitem a oportunidade que têm para se formar", disse o Papa às crianças.

Nascido na Suíça há 75 anos, o padre Xavier chegou ao Peru em 1975 e após percorrer várias regiões do sul do país decidiu permanecer em Puerto Maldonado, capital da região de Madre de Dios, onde havia dezenas de crianças vítimas da violência familiar, de abusos sexuais, de abandono ou de trabalho ilegal, principalmente em garimpos.

O padre passou a recolher menores que perambulavam pelas ruas da cidade em situação de risco, alguns ameaçados pelos pais, outros abandonados a própria sorte e até filhos de pessoas presas.

Após um começo difícil, hoje o abrigo se sustenta financeiramente com a estância Bello Horizonte (hotel turístico) e a cafeteria Gustitos del Cura.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos