Rússia adverte que pacto nuclear com Irã acaba sem EUA

Nações Unidas, Estados Unidos, 20 Jan 2018 (AFP) - O ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Lavrov, advertiu nesta sexta-feira que se o presidente Donald Trump decidir retirar os Estados Unidos do acordo nuclear com o Irã o pacto será enterrado.

"Este acordo não pode ser mantido com a saída unilateral de um dos participantes", disse Lavrov em entrevista coletiva nas Nações Unidas.

"Estará destruído e não haverá acordo neste caso. Acredito que todo mundo entende isto".

"É um momento decisivo", advertiu Lavrov.

Na semana passada, Trump renovou a suspensão das sanções contra o Irã, como prevê o acordo nuclear, mas pediu aos legisladores americanos e a seus aliados europeus que corrijam as "lacunas desastrosas" do tratado ou os Estados Unidos sairão.

Rússia e Estados Unidos estão entre as seis potências que firmaram o acordo com o Irã em 2015, que passou a controlar o programa nuclear de Teerã em troca da suspensão das sanções contra o país.

Lavrov deixou claro que de parte da Rússia não haverá qualquer tentativa de salvar o pacto se os Estados Unidos saírem.

A Rússia fará o possível para persuadir os Estados Unidos "a não mexer nisto", disse Lavrov, acrescentando que o acordo "não morreu ainda".

O chanceler russo repetiu o seu argumento de que acabar com o pacto enviaria uma mensagem muito negativa à Coreia do Norte, impossibilitando qualquer acordo para que Pyongyang detenha seu programa nuclear.

Lavrov disse ainda que os Estados Unidos precisam provar suas denúncias de que a Rússia ajuda a Coreia do Norte a driblar as sanções impostas pela ONU por seu programa nuclear.

"Eles dizem: 'Temos informação, mas é secreta, confidencial. Necessitamos de fatos para atingir negociações e discussões específicas" sobre as sanções.

O secretário americano de Estado, Rex Tillerson, afirmou esta semana que a Rússia abastece de petróleo a Coreia do Norte, apesar das sanções impostas pelas Nações Unidas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos