Mary Lou McDonald sucederá a Gerry Adams à frente do Sinn Fein irlandês

Dublin, 20 Jan 2018 (AFP) - O líder histórico do Sinn Fein, Gerry Adams, anunciou neste sábado (20) que seu braço direito, Mary Lou McDonald, irá substituí-lo na presidência do partido irlandês, formação descrita durante longo tempo como ramificação política do IRA.

McDonald era a única candidata neste sábado, ao final de uma reunião da cúpula do partido em Belfast, anunciou Adams.

"Obrigado por darem as boas-vindas à presidente eleita do nosso partido, Mary Lou McDonald", declarou Adams na tribuna antes de ceder o lugar a sua ex-vice-presidente.

Mary Lou McDonald, de 48 anos, reafirmou o objetivo de alcançar uma Irlanda reunificada, a aspiração histórica de seu partido, e ver "o Sinn Fein chegar ao poder na Irlanda do Norte e na República da Irlanda".

Deputada europeia entre 2004 e 2009, e representante da circunscrição de Dublin no Parlamento irlandês desde 2011, McDonald deve ser confirmada em suas novas funções durante um congresso extraordinário em 10 de fevereiro.

Depois de 34 anos à frente do Sinn Fein, Gerry Adams anunciou em novembro que, em 2018, deixaria a presidência do partido para dar espaço às novas gerações. Ele está no posto desde 1983.

O conflito entre unionistas e nacionalistas na Irlanda do Norte, que se iniciou nos anos 1960, deixou mais de 3.500 mortos ao longo de três décadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos