Disparos de foguete perto da fronteira turco-síria deixam um morto

Istambul, 21 Jan 2018 (AFP) - Uma pessoa morreu, e 32 ficaram feridas por disparos de foguetes na cidade turca de Reyhanli, perto da fronteira com a Síria - anunciou o prefeito da localidade, no segundo dia da ofensiva militar de Ancara contra os curdos em território sírio.

"Segundo nossas últimas informações, temos 32 feridos, dois deles graves. Um sírio perdeu a vida", afirmou o prefeito ao canal de televisão NTV Hüseyin.

A agência de notícias Dogan informou que três foguetes caíram em Reyhanli, danificando casas e veículos.

Imediatamente, o ministro turco das Relações Exteriores, Mevlüt Cavusoglu, acusou a milícia curda das Unidades de Proteção do Povo (YPG) de estar por trás dos disparos.

"Esse ataque terrorista contra civis inocentes revela o verdadeiro rosto" das YPG, tuitou Cavusoglu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos