Papa pede a Davos que assuma 'responsabilidades' diante da pobreza

Davos, Suíça, 22 Jan 2018 (AFP) - O papa Francisco chamou nesta segunda-feira (22) os participantes no Fórum de Davos a assumir "responsabilidades" ante a pobreza e as desigualdades crescentes no mundo.

"É um imperativo moral, uma responsabilidade que diz respeito a todos nós, de criar as condições apropriadas para que todos vivam de maneira digna", escreveu o papa argentino em uma mensagem lida na inauguração deste fórum, o grande encontro anual da elite política e econômica do planeta.

"Não podemos ficar em silêncio diante do sofrimento de milhões de pessoas cuja dignidade está ferida, não podemos continuar andando para frente como se a pobreza e a injustiça crescentes não tivessem uma causa", acrescenta o papa.

Em 2014, Jorge Bergoglio chamou a elite política e econômica mundial a demonstrar "determinação" para lutar contra a exclusão social, e defendeu "uma melhor distribuição da riqueza e a criação de fontes de emprego".

bur-ob/mra/age/me/db/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos