Dezenas de rebeldes e civis mortos no norte do Iêmen

Dubai, 24 Jan 2018 (AFP) - Dezenas de rebeldes e civis morreram nas últimas 24 horas no norte do Iêmen, informaram veículos de mídia nesta quarta-feira (24), enquanto aconteciam confrontos entre a coalizão militar dirigida pela Arábia Saudita e os rebeldes huthis.

A rede de televisão estatal saudita Al Ekhbariya indicou que desde terça-feira 40 insurgentes morreram na província de Saada, reduto rebelde ao norte do país.

Os huthis apoiados pelo Irã declararam na rede de televisão Al Massira que nove pessoas, entre elas quatro civis, morreram em um ataque aéreo da coalizão em Saada, região fronteiriça da Arábia Saudita.

Um funcionário local do departamento de Saúde, controlado pelos rebeldes, declarou sob condição de anonimato que 22 pessoas morreram em ataques aéreos nessa província nas últimas 24 horas, incluindo nove civis, quatro deles crianças.

Em Riad, a coalizão liderada pela Arábia Saudita afirmou que levava "muito a sério essas informações". "Vamos verificá-las, como verificamos todas as informações desse tipo", indicou o comunicado.

O norte de Iêmen, incluindo a capital de Sanaa, está nas mãos dos rebeldes desde o final de 2014, assim como portos na costa oeste do país.

faw-ny-oh/hj/mer/pb/cc

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos