Espanha quer aumentar seu gasto militar em 73% em seis anos

Madri, 24 Jan 2018 (AFP) - A Espanha vai aumentar em 73% nos próximos seis anos seus gastos militares, que passarão de 10,4 bilhões de euros em 2018 para 18 bilhões em 2024, uma decisão criticada pela oposição socialista.

"O esforço orçamentário programado reflete um claro incremento do gasto dedicado à Defesa, o qual, sem chegar a 2% do PIB em 2024, ficaria em torno de 1,53% do PIB", anunciou ante uma comissão parlamentar a ministra espanhola de Defesa, María Dolores de Cospedal.

Rapidamente, a deputada socialista Ana Botella pediu explicações sobre o compromisso adotado pelo governo com a Otan de ampliar o orçamento militar.

A deputada opositora comparou este aumento com a realidade das "famílias espanholas dominadas por um dia a dia cheio de restrições e precariedade". Ela também lamentou que os gastos de defesa aumentem quando as políticas de austeridade do Partido Popular, no poder desde o final de 2011, reduziram os benefícios sociais e a cobertura dos serviços públicos.

Por ora, o PP de Mariano Rajoy não conseguiu adotar o orçamento de 2018, uma vez que não tem apoio suficiente no Parlamento.

O orçamento atual é uma extensão e, para 2018, prevê o mesmo gasto militar de 2017 - 10,4 bilhões de euros, 0,86% do PIB, segundo dados do Ministério da Defesa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos