Lula perde apelação de julgamento por corrupção

Porto Alegre, 24 Jan 2018 (AFP) - Dois dos três juízes de uma corte de apelações confirmaram nesta quarta-feira (24) a sentença por corrupção do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pediram para aumentar a pena inicial, de 9 anos e meio de prisão, para mais de 12 anos de reclusão.

Neste sentido se pronunciaram os magistrados João Gebran Neto, relator do caso, e Leandro Paulsen, em uma sessão iniciada esta manhã na sede do Tribunal Regional Federal 4 (TRF4) de Porto Alegre.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos