Palestinos rejeitam as pressões de Trump

Ramallah, Territórios palestinos, 25 Jan 2018 (AFP) - Dirigentes palestinos rejeitaram nesta quinta-feira as pressões do presidente Donald Trump para que voltem às negociações com Israel sob mediação dos Estados Unidos.

"Rejeitar reunir-se com o opressor não é falta de respeito, é respeitar-se a si mesmo", declarou à AFP Hanan Ashraui, alta dirigente da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), em resposta a uma declaração de Trump.

O presidente americano afirmou que os palestinos faltaram com respeito aos Estados Unidos e que por isso bloqueará a ajuda financeira.

"Eles nos faltaram com o respeito na semana passada impedindo que nosso grande vice-presidente os visse", declarou Trump durante um encontro no Fórum de Davos com o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu.

na-jod/lal/tp/es/mb/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos