Guggenheim oferece privada de ouro a Trump em vez de Van Gogh

Nova York, 26 Jan 2018 (AFP) - A Casa Branca pediu emprestado ao museu Guggenheim uma pintura de Van Gogh, mas o museu ofereceu em seu lugar uma privada de ouro do artista iconoclasta Maurizio Cattelan.

Em um e-mail enviado em meados de setembro, a diretora, artista e restauradora do Guggenheim, Nancy Spector, negou o pedido de empréstimo do quadro "Landscape with Snow" (1888) do pintor holandês, informou o Guggenheim ao jornal The Washington Post.

Spector argumentou que a pintura seria exposta no Guggenheim de Bilbao, na Espanha, antes de retornar a Nova York, onde permanecerá "em um futuro previsível".

Em troca, ofereceu uma privada de ouro maciço de Maurizio Cattelan, que foi exposto no Guggenheim de setembro de 2016 até meados de 2017.

A obra chamada "Estados Unidos", que inclui assento, tampa e cisterna de descarga da privada, foi utilizada por cerca de 100.000 pessoas durante sua exposição no museu, localizado em frente ao Central Park.

O artista "gostaria de oferecê-lo à Casa Branca para um empréstimo de longo prazo", escreveu Spector, citada pelo The Washington Post. "É, claro, de um valor excepcional e bastante frágil, mas daremos todas as instruções para a instalação e manutenção".

Solicitado pela AFP, o Guggenheim se negou a fazer qualquer comentário. A Casa Branca também não se pronunciou.

Os pedidos de empréstimo da Casa Branca são um prática de muitos anos. Durante o governo de Barack Obama, várias pinturas de Mark Rothko e Edward Hopper, entre outros, foram emprestados pelo museu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos