Trump diz que informações sobre demissão de Mueller são 'notícias falsas'

Davos, Suíça, 26 Jan 2018 (AFP) - O presidente americano, Donald Trump, chamou de "fake news" ("notícias falsas") as informações de que teria ordenado a demissão do promotor especial Robert Mueller no ano passado e que só mudou de ideia ante a ameaça de demissão de um funcionário de alto escalão.

"Notícias falsas. Notícias falsas. Típica história do New York Times. Histórias falsas", afirmou Trump aos jornalistas no Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça.

De acordo com o NYT, Trump teria ordenado a demissão de Mueller em em junho de 2017, mas o conselheiro jurídico da Casa Branca, Don McGahn, foi contrário, alegando que teria um "efeito catastrófico" para a presidência.

Ele mudou de ideia apenas quando McGahn ameaçou pedir demissão, segundo o jornal, que cita quatro fontes anônimas.

O jornal Washington Post confirmou, citando duas fontes anônimas, que Trump pensou em demitir Mueller.

"McGahn não ameaçou diretamente Donald Trump com uma demissão, mas estava pensando seriamente nesta ameaça, segundo uma pessoa próxima aos fatos", afirma o jornal.

Mueller, ex-diretor do FBI, 73 anos, com reputação de probidade e independência política, tem um amplo mandato desde 17 de maio de 2017 para investigar todas as questões relacionadas com a interferência russa durante as últimas eleições presidenciais.

arb-jit/acc-pc/ra/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos