Polícia russa invade sede do movimento do líder opositor Navalny

  • Vasily Maximov/AFP

Moscou, 28 Jan 2018 (AFP) - A polícia russa entrou neste domingo (28) à força na sede em Moscou do movimento do líder opositor Alexei Navalny, em uma operação durante a qual os agentes utilizaram uma serra antes de deter vários integrantes de sua equipe, informaram seus auxiliares.

O líder político de 41 anos havia convocado os russos de todo país a desafiar as autoridades e protestar para realizar um boicote ativo das eleições presidenciais de 18 de março, apesar da ameaça de detenções.

Neste domingo, a polícia invadiu com uma serra o escritório central de Navalny para impedir a transmissão ao vivo da cobertura de uma série de protestos no leste do país.

A polícia prendeu vários funcionários do Fundo de Luta contra a Corrupção, criado em 2012, e seguidores do político em outras regiões, informou a equipe Navalny.

Simpatizantes do líder opositor protestavam neste domingo no extremo oriente da Rússia e na Sibéria, enquanto os protestos mais importantes estavam programados para meio-dia em Moscou e São Petersburgo.

O advogado Alexei Navalny, que ativista da luta contra a corrupção das elites na Rússia e um carismático orador com ideias nacionalistas, permanece decidido a desafiar Vladimir Putin e virou o principal opositor ao presidente russo, apesar de ter sido excluído das eleições presidenciais de março.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos