Temer: Lula não está morto politicamente

São Paulo, 29 Jan 2018 (AFP) - Luiz Inácio Lula da Silva não está politicamente morto, apesar de sua condenação em segunda instância, admitiu nesta segunda-feira (29) o presidente Michel Temer em entrevista à Rádio Bandeirantes.

"É uma figura de muito carisma, na verdade, não é sem razão que ele ocupa uma das primeiras posições em toda e qualquer análise. Então, dizer que ele está morto politicamente (...) dizer que a imagem dele, a palavra dele, a presença dele não vai ter alguma influência? Eu acho que aí, morto ele não está", disse.

Temer garantiu que preferiria que Lula disputasse as eleições de 2018 - um cenário incerto diante de sua condenação.

"Pessoalmente, apreciaria que ele não tivesse essas responsabilizações todas, que pudesse disputar a eleição e fosse vencido no voto, porque isto pacificaria o país. Evidentemente, esta fórmula da sua não participação tensiona o país", declarou Temer. "Isso não é bom para o país", completou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos