França investiga "agressão antissemita" contra menino de 8 anos

Paris, 31 Jan 2018 (AFP) - O Ministério Público francês abriu uma investigação por agressão antissemita após uma agressão sofrida por um menino judeu de oito anos que usava um kipá em um subúrbio ao norte de Paris.

"Os autores não falaram nada durante a agressão e não roubaram nenhum objeto da vítima, cujo kipá era visível", afirmou o MP.

"No momento privilegiamos a motivação antissemita", completou o MP.

O menino foi agredido na rua por dois adolescentes de 15 anos que o derrubaram e atacaram, afirmou uma fonte policial.

O presidente francês Emmanuel Macron reagiu no Twitter e escreveu que "cada vez que um cidadão é agredido por sua idade, aparência ou religião, se agride a República".

"E a República está do lado dos franceses de confissão judaica para combater com eles e por eles cada um destes atos ruins", completou Macron na rede social.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos