Melania Trump volta ao cenário público no discurso de seu marido no Congresso

Washington, 31 Jan 2018 (AFP) - A primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump, retornou na terça-feira ao foco público após semanas de privacidade, durante o discurso sobre o Estado da União de seu marido, o presidente Donald Trump, no Congresso dos Estados Unidos.

A enigmática esposa do presidente apareceu em público pela primeira vez desde que alimentou os boatos em Washington ao cancelar sua viagem a Davos, Suíça, o que fez o presidente viajar sozinho ao Fórum Econômico Mundial.

Sorridente, Melania foi muita aplaudida ao entrar no Congresso.

Seu figurino contrastou com as roupas pretas das representantes democratas em solidariedade com o movimento #MeToo contra o assédio sexual.

Poucos minutos depois de sua entrada, Trump chegou ao Congresso. Os dois trocaram um aceno.

No espaço reservado aos convidados de Trump para o discurso estavam um marine que pisou em um artefato explosivo no Iraque em 2007 e perdeu as duas pernas, funcionários que ajudaram a salvar as vítimas do furacão na Louisiana e Texas e pais de crianças assassinadas pela gangue MS-13.

Quebrando uma tradição, Melania Trump chegou separada do presidente ao Capitólio.

Esposa de 47 anos de um homem de 71 conhecido pelos comentários pouco educados sobre as mulheres e que se divorciou das duas esposas anteriores, Melania é perseguida por especulações de que estaria separada do presidente.

O discurso sobre o Estado da União foi o primeiro ato importante com a presença da primeira-dama desde a divulgação de que Donald Trump teve um caso com a estrela pornô Stormy Daniels em 2006.

Trump é acusado de ter feito um pagamento a Daniels um mês antes das eleições de novembro de 2016 para que permanecesse em silêncio.

A atriz compareceu na noite de terça-feira ao programa "Jimmy Kimmel Live!", no canal ABC, mas evitou responder a qualquer pergunta sobre o caso.

As opiniões e os objetivos de Melania Trump são um mistério para milhões de americanos.

A primeira-dama é uma ex-modelo que uma vez posou nua no jato particular do magnata e a primeira esposa de um presidente americano nascida no exterior em quase 200 anos.

Ela passou os primeiros meses como primeira-dama em Nova York e se negou a morar na Casa Branca até que o filho Barron completasse o ano escolar. Fala pouco em público e raramente é vista em Washington.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos